«RANCHO FUNDO (Fragmento)» por Lamartine Babo

#umpoetaumpoemapordia #072 (10/1)

POETA – Lamartine de Azeredo Babo (Rio de Janeiro, 10 de janeiro de 1904 — Rio de Janeiro, 16 de junho de 1963) foi um dos mais importantes compositores populares do Brasil.

POEMA – Fragmento da letra da canção «Rancho Fundo»
“No rancho fundo / bem pra lá do fim do mundo / nunca mais houve alegria / nem de noite, nem de dia. / Os arvoredos / já não contam mais segredos / e a última palmeira / já morreu na cordilheira.”

MAIS SOBRE

http://regbit.blogspot.com.br/2010/06/lamartine-babo-o-melhor-e-mais.html
http://poesiaretro.blogspot.com.br/2011/02/lamartine-babo.html
http://dicionariompb.com.br/lamartine-babo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.