Un segundo en enero

#umpoetaumpoemapordia #100 (07/2)

POEMA – ´Un segundo en enero´
(TRADUÇÃO DE Teresa Amy) ´Un segundo en enero´

Frágil como una cortecita, el día está en silencio.
En su interior el sol, blanco todo blanco.
Y aún la nieve es blanca, los árboles, los tejados, la nieve.
Y aún este segundo, es blanco este momento.
(La más larga de las noches de Jan Skácel)

POETA
Jan Skácel (Vnorovy u Strážnice, Moravia, Checoslováquia, 07 de fevereiro de 1922 – 07 de novembro de 1989). Poeta excepcional, jornalista e ensaísta que foi apelidado como o príncipe da poesia Checa ou o poeta do silêncio. Seu estilo é caracterizado pela sua aparente simplicidade, a profundidade, a sua paixão pela natureza e visões de um mundo de inverno.
(Moravia, Checoslovaquia, 7 de febrero de 1922- 7 de noviembre de 1989)

MAIS SOBRE
http://revistamuu.com/jan-sk%C3%A1cel.html
http://www.radio.cz/es/rubrica/personalidades/el-principe-de-la-poesia-contemporanea-checa-jan-skacel
https://es.wikipedia.org/wiki/Jan_Sk%C3%A1cel
http://faustomarcelo.blogspot.com.br/2016/03/poemas-de-jan-skacel.html
http://juliovelez1946.blogspot.com.br/2014/12/jan-skacel-dos-poemas.html
http://mundocheco.blogspot.com.br/2014/12/recital-de-poesia-checa-05-12-2014-o.html

skacel_jan2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s