Caderno de apontamentos [Manoel de Barros]

Caderno de apontamentos — XXVI [de CONCERTO A CÉU ABERTO PARA SOLOS DE AVE, 1991]

Depois que atravessarem o muro e a tarde os caracóis cessarão.
Às vezes cessam ao meio.
Cessam de repente, porque lhes acaba por dentro a gosma com que sagram os seus caminhos.
Vêm os meninos e os arrancam da parede ocos.
E com formigas por dentro passeando em seus restos de carne.
Essas formigas são indóceis de ocos.
Ah, como serão ardentes nos caracóis os desejos de voar!

P.S.: Caracol é uma solidão que anda na parede.

3ba54a49b5c66aeff477a45a60217ea5cd1c7243